« Sem medo de ser démodé | Main | Lá como cá »

22-10-2004

Comments

Gorete
Sim, Ze Roberto, ou qqr que seja o seu nome. Não pretendo fazer-lhe prestação de contas dos meus atos. Mas, uma leitura mais cuidadosa do blog vai lhe permitir conhecer os cuidados que tenho com meus próximos - a começar pela família. Sustento (literalmente) mãe e duas sobrinhas, com saúde, alimentação e educação. Gero emprego em minha casa a duas famílias de baixa renda. Ajudo a um abrigo de idosos. Uso o blog tb como instrumento de denúncia dos maus tratos a idosos, crianças (trabalho infantil), animais e à natureza. Portanto, tenho identidade, e posso demonstrar o meu espirito de solidariedade e coletividade. E vc, quem é e o que faz pelo próximo, além de...?
ze Roberto
Senhor(a): Os ítens relacionados,indicam realmente maus tratos a animais e o comparativo dos sentimentos de animais e homens,são sem iguais,perfeitos,acrscente a isso,os maus tratos às crianças abandonadas,os velhos embaixo de pontes,os casais e crianças,crianças ainda crianças,com suas crianças ainda bem criançinhas,crianças nas portas das escolas,sendo abastecidas pelos traficantes e seus aviões,as vítimas da marginalidade e das balas perdidas,com certeza,deve conhecer,algum pai ou mãe,de alguma vítima de toda essa marginália que se espalha pelo país,pergunte a eles,se seus filhos foram vítimas de quais animais os de penas,pelos ou os formados por voce e seus vizinhos,que não têm outras preocupações,a não ser o zêlo com os bichos...você já deu comer e agua aos seus ? e aos que por sua casa,os de dois pés,os pedintes,deu de comer a eles,chamou-os para uma conversa,uma boa conversa,para elevar a sua ( a dele ) autoestima ?
ENG. JERÔNIMO BORGES MACIEL
gostaria de saber qual a lei especifica que proibe a rinha de galos, prática milenar, praticada por Socratis e Aristoteles e outros sábios.
Mauro
Coisa triste né? O ser humano ainda tem muito chão pela frente antes de poder merecer mesmo o título de "humano". Até lá, vai continuar isso mesmo... abuso contra outros humanos e contra animais por simples descaso pelo sofrimento desnecessário de outro ser vivo.

The comments to this entry are closed.